o kindle unlimited vale a pena?

2 min leitura

Desde que a Amazon anunciou o Kindle Unlimited, eu estava contando os dias para que esta novidade chegasse ao Brasil.
Já estava nos meus planos adquirir um e-reader (alô, não sei lidar com minha bolsa pequena e meus livros absurdamente grandes), então, acho que dei muita sorte e menos de um mês depois da minha compra, o serviço do Kindle Unlimited está disponível em terra brasilis.

O que é o Kindle Unlimited?
Para explicar de maneira simples, o serviço funciona tal como um Netflix, só que ao invés de filmes/seriados, você tem acesso à boa parte da biblioteca de ebooks da Amazon.
No momento, o Unlimited custa R$ 19,90 mensais, porém dá pra testar o serviço gratuitamente por um período de 30 dias.

Primeiras impressões
Com mais de 700 mil títulos disponíveis em seu catálogo, minha empolgação inicial foi automaticamente substituída por uma pequena decepção: nenhum dos livros que eu realmente estava interessada, estava incluso no programa.
Existem alguns ebooks bacanas, tal como A Guerra dos Tronos (George R. R. Martin) e toda a coleção de Harry Potter (J.K. Rowling), mas em sua maioria, eram livros que ou eu tinha ou já havia lido anteriormente.
Depois de uma busca mais extensa pela biblioteca disponível em inglês, senti que valeria a pena continuar assinando o serviço após o período gratuito. Encontrei muitos livros de referência bacanas e que eu normalmente não teria a chance de ler, se não fosse pelo Kindle.

Prós
♥ Existem muitos livros independentes no serviço, o que é bem bacana, já que creio que essa é uma ótima oportunidade para novos autores divulgarem amplamente suas obras.
♥ O catálogo em inglês é bem vasto.
♥ Você pode escolher o livro pela internet e o download é feito automaticamente em seu Kindle!

Contras
☹ Somente 12 mil obras em português.
☹ Não existem muitos lançamentos.
Li que algumas grandes editoras brasileiras não aderiram ao conceito. Não encontraremos muitas obras publicadas por elas lá: L&PM, Novo Conceito, Objetiva, Planeta, Record, Rocco, Sextante, Companhia das Letras, a Intrínseca e a Ediouro.

Conclusão
Experimente os 30 dias gratuitos. Se você tem o costume de ler obras em inglês, pode achar muitos títulos interessantes. Entretanto, para quem só lê em Português, talvez seja melhor esperar que mais editoras resolvam aderir ao Kindle Unlimited.

E aí, quem está experimentando o serviço? Me contem suas impressões nos comentários.

XOXO
signature

Quer ficar por dentro das novidades?
Receba conteúdo exclusivo diretamente em sua caixa de entrada!

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comments
  • Beatriz Cavalcante
    dezembro 14, 2014

    Achei muito legal essa novidade e vi muita gente vibrando com ela. Como eu não tenho nenhum leitor de ebook eu não comemorei tanto assim, mas estou doida por um. Também não leio em inglês então acho que não ia ser tão legal para mim mas é uma boa ideia. Acho até que as editoras podem investir mais se tiver um feedback legal dos leitores. hehe 😀

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

  • Erika Leite
    dezembro 21, 2014

    GENTE MAS ESSE LAYOUT É MARAVILHOSO ESTOU CHORANDO DE INVEJA. Ok, parei. HAHAHA
    Querida, obrigada pela visita no meu blog e por eu ter levado ERAS pra responder. Dei uma pausa no mundo blogueiro mas já voltei. Pois bem.
    Eu não tenho nenhum leitor de e-book, acho que tirando a vantagem de conhecer livros independentes, como vc citou, eu não curtiria muito, porque livro pra mim tem que ser na mão HAHA gosto de cheirar, pegar, segurar o livro, e adoro reclamar de não ter espaço pra guardá-los.
    Enfim, sou dessas hahaha.
    Adorei seu blog! Mil beijos!
    http://www.canseidesernerd.com

Anterior
você merece muito mais
o kindle unlimited vale a pena?